Todas as coisas que eu não disse

 

Eu queria que ele soubesse que “eu também”

E que mesmo eu sendo emocionalmente estável, depois dele , a qualidade dos meus dias passaram a depender da interação que a gente tinha.

Queria que ele soubesse que o “Eu te amo” ficou preso na minha garganta várias vezes,e que ao invés de falar, preferi mostrar em ações e evitar assim, que ele passasse pelo desconforto de ter que me dizer que infelizmente não me correspondia.

Queria que ele soubesse que não era compulsão sexual,  era amor mesmo, e o modo como eu dava vazão a isso envolvia sentir o corpo dele quantas vezes eu pudesse.

Queria que ele soubesse que embora o mundo seja cheio de homens lindíssimos, nenhum antes dele conseguiu ser incrível à ponto de me fazer amá-lo em cada característica, cada detalhe, desde a primeira vez que o vi.

E queria que ele soubesse que por mais esquisita que eu seja, por ele eu até teria tentado levar uma vida normal.

Queria que ele entendesse que não precisa se sentir intimidado com minha auto suficiência, que de fato eu nunca precisarei dele , mas o escolhi porque somos iguais;

Queria que ele percebesse que o amo por ser tão forte quanto eu, mas se por um acaso um dia ele estivesse em situação vulnerável, isso não seria um problema, e eu o protegeria , e permitiria que ele me protegesse também, caso eu precisasse

Queria que ele soubesse o quanto rezei pra que nosso ego ficasse de fora da nossa relação

E que por mais que eu seja extrovertida, existe uma faceta guardada em mim que só ele conhece e só ele desperta, e eu gosto muito dela, assim como gosto daquele lado dele que só eu conheço;

 

Queria que ele soubesse que eu sou tão forte quanto ele acha que sou, mas que ele é meu ponto fraco e que eu odiaria muito que ele tentasse usar isso contra mim, porque deixaria claro que ele não me ama tanto assim, porque quem ama não faz essas coisas;

Queria ter dito a ele que se ele tivesse pego minha mão e pedido pra pular do abismo junto com ele, mesmo morrendo de medo eu pularia.

E que quando eu precisei ficar com outros caras pra tirá-lo do centro da minha vida, doeu mais em mim do que nele.

Gostaria que ele tivesse certeza que depois dele não existiu nenhum outro e provavelmente será assim por um bom tempo

E que se ele tivesse me pedido pra ser só dele, eu seria sem precisar fazer nenhum esforço, porque eu já tinha escolhido ser só dele

E queria que ele entendesse que sermos livres dá a possibilidade de participar da vida um do outro pra oferecer coisas boas; dá a possibilidade de ficar ou partir, e que se a escolha for ficar, teríamos então a resposta mais sincera de todas, e a fidelidade física seria detalhe.

Queria que ele soubesse que eu fiquei em silêncio na hora que deveria falar, e que esperei ações quando ele era só palavras;

Que observei magoada sua apatia forjada;

Fui embora mesmo querendo ficar, torcendo pra ele vir atrás, se expor só um pouco e mostrar que não fui só eu quem amou, pra que eu pudesse me expor completamente.

Queria que ele soubesse que sinto muito por reagirmos tão mal um ao outro

E que não foi falta de amor,

E que eu precisei partir porque já amava mais ele, em detrimento de mim e a mulher de quem ele gostou não é assim.

Queria que ele soubesse de todas as coisas que eu não falei porque mesmo sendo corajosa demais, tive medo de perder o controle, quando eu já tinha perdido o controle.

E que nunca é tarde

 

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s