“Macho” gosta é de macho. Quem gosta de mulher é “mariquinha”

o-JON-CRYER-CHARLIE-SHEEN-facebook.jpg

Dos grandes equívocos que são largamente disseminados na sociedade, é possível colocar no topo da lista a associação que as pessoas fazem entre fazer sexo e fazer amor. É impossível encontrar a origem deste pensamento, mas “fazer amor” é um conceito muito conveniente para os homens em geral, e ainda que homens odeiem admitir qualquer probabilidade de sentir algo além de tesão, usar o discurso do “fazer amor” é totalmente providencial para obter o objetivo de esvaziar o saco, visto que no segundo lugar da lista das maiores falácias, está a ideia de que amor não se nega, que amor é raro e portanto renegá-lo é ingratidão.

E ingrata é como uma mulher se sente quando ela nega o amor de um homem, mesmo se sentindo pressionada a não fazê-lo, e diante disso, ignora a própria vontade porque foi condicionada desde sempre a calar os próprios instintos em nome da satisfação masculina.

A terceira falácia disseminada é que homens têm dificuldades pra amar, e digo que trata-se de uma falácia porque os homens héteros experimentam o ápice do amor e devoção entre os amigos machos, em detrimento principalmente, das mulheres que eles tanto dizem gostar.

E dizer que homens héteros amam mulheres é a quarta falácia mais disseminada na sociedade, provavelmente desde que o mundo é mundo.

É por conta principalmente dessas quatro mentiras que as mulheres vivem em um mundo totalmente hostil e insalubre, a ideia de que fazer sexo é fazer amor e que homens héteros gostam de mulheres  cria na cabeça de nós mulheres a ideia de que não podemos negar sexo, já que esta é a expressão da afeição masculina, algo realmente raro de acontecer( então quando acontece, teoricamente temos que aproveitar)

É possível dizer inclusive que acreditar nessas mentiras é o que motiva as meninas de 12, 13 anos a irem para bailes funks e se colocarem à disposição dos homens para o sexo. Há muitos anos é disseminado que as qualidades de uma mulher só são validadas à partir do momento em que ela é amada e aceita por algum homem, e como existe essa associação entre sexo e desejo, por consequência, meninas que cresceram ouvindo essas lendas, desenvolvem em si o ímpeto de buscar prestígio social se colocando sexualmente à disposição dos homens. Sim, meros objetos, que são descartados tão pouco deixam de ser novidade.

Meros objetos é como os homens héteros vêem as mulheres. Não pra menos, geralmente a única mulher que eles respeitam são as próprias mães, e isso não ocorre porque elas são mulheres, e sim porque na cabeça deles elas tiveram a grandiosidade de gerá-los e parí-los, no entanto a consideração e afeição que possuem por estas mulheres, se iguala facilmente à afeição que desenvolvem pelo primeiro carro ou pelo primeiro vídeo-game. Elas só são consideradas porque foram instrumentos para algo mais grandioso na vida desses homens, que é terem colocado eles no mundo.

No universo dos homens tudo gira em torno deles e pra eles.

download

Mas a realidade é que os machões héteros não gostam de mulher. Não só não gostam como sequer consideram um ser humano, só humanizam as próprias mães porque o absurdo do possível orgasmo durante o coito para gerá-los foi relevado em nome do bem maior que foi tê-los colocado no mundo.

Em qualquer dicionário do mundo o verbo amar se refere a afeição, cuidado e carinho, e por isso repito: Os homens héteros não amam as mulheres:

Eles acham fantástico e admiram quando um amigo hétero machão recebe uma promoção do trabalho e ganham bem, mas quando uma mulher quem faz isso, ela é egoísta, ela é sapatão, omissa com a família e uma bruxa que renega a maternidade. E ainda que ela alcance o topo da cadeia social, não recebe o mesmo respaldo dos homens porque ela tem uma vagina entre as pernas, fator que a coloca imediatamente em uma condição feminilizada e portanto indigna de ser admirada por seus feitos;

Os homens héteros são sempre complacentes com os outros homens e com suas dificuldades em prover uma família, mas quando geram filhos nas mulheres, acham natural e justificável abandoná-las com suas proles, afinal são só crianças e mulheres, não tem nenhum outro machão pra fazer juízo de valor no meio da família e apontar o dedo dizendo que ele está sendo um péssimo pai e marido.

puxa bujalador

Os homens héteros são muitas vezes filhos de mãe solteira e cresceram as vendo se matar pra garantir sozinhas os sustento do lar, mas não têm nenhum pudor em dizer que é justificável um homem ganhar mais que uma mulher, mesmo sabendo que a maioria das mulheres hoje em dia fazem a função de mãe e pai, sendo viúvas de maridos vivos, porque os mesmos homens héteros se recusaram a assumir o papel de homem e assumir as consequências dos seus atos;

Os homens héteros são homens pra fazer filhos e povoar o mundo, mas não são homens pra dar educação, carinho e sustento  porque todo o dinheiro que eles ganham tem que se gasts em artifícios que façam com que eles sejam bem vistos perante os outros machos, e ser um bom pai e marido não conta pontos no protocolo de macho hétero padrão;

Os homens héteros são imensamente capazes de defenderem e se colocarem no lugar dos amigos machos quando eles erram e relevarem esses erros, mas não pensam duas vezes na hora de culpar e punir uma mulher pelos erros que elas não cometeram, exclusivamente porque elas “estavam no lugar errado e na hora errada”

puxasaquismo

Eles ridicularizam e menosprezam os amigos que têm comportamentos delicados, porque a delicadeza é associada à mulher, mas quando se deparam com uma mulher delicada, associam a delicadeza à vulnerabilidade e se aproveitam disso pra destruí-las do jeito que conseguem;

Eles incentivam a irmandade entre os machos, compram as brigas dos outros, são resilientes e perdoam os amigos com pensamentos divergentes sobre o time, política, ideologia e religião, mas quando vêem uma mulher lutando em prol do feminismo(um movimento que pede igualdade entre homens e mulheres), ele as ridiculariza, porque na cabeça deles igualar mulheres e homens é colocar as mulheres num patamar de humanidade, que eles foram educados pra acreditar que nós não possuímos.

Eles dizem que mulheres são loucas desequilibradas, mas renegam e menosprezam qualquer sinal de inteligencia emocional porque se voltar para o próprio universo é algo introvertido demais, e ser emotiva demais é coisa de mulher; homens só dão vazão aos instintos mais animalescos , e ser violentos e irracionais é totalmente louvável em situações assim.

Até o sexo das mulheres é menosprezado, porque na cabeça do homem hétero, a mulher é um deposito de esperma feito somente para dar prazer a ele, e quando ela se volta pra própria sexualidade , ela está negando a condição de objeto onde os homens a colocaram. Mulheres, na concepção dos homens héteros, só existem pra servi-los, e gozar só é permitido quando eles são os causadores e se o objetivo do orgasmo é massagear o ego já inflado do Homem hétero padrão.

A mulher é tão comumente desumanizada que até entre os homens homossexuais a feminilidade é ridicularizada, rechaçada e reprimida. Ser um gay afeminado é o ápice da degradação da imagem, é o pré sal da decadência, porque muitos homens, mesmo quando não são héteros, têm desprezo por tudo que remete à feminilidade porque foram educados assim a vida inteira e porque não ousam negar o discurso machista, porque é pecado ir contra qualquer macho que se prese.3782396_x240

Mas não pense em amenizar a situação para os homens héteros não, porque eles não amam as mulheres.

Na concepção deles, as mulheres são um mero objeto, assim como um carro do ano, um mero capital para atrair atenção e se tornar prestigiado entre os outros homens.

O homem hétero menospreza a fala feminina porque na cabeça dele só os machos são  importantes e relevantes, ele só presta atenção em outros machos;

Ele busca ascender financeiramente pra estar entre os “machos alfas”, e se uma mulher olha pra eles por conta do que  eles possuem, é reduzido ao mais baixo escalão da vagabundice;

O homem hétero padrão busca conhecimento e intelectualidade para conversar entre outros machos, porque na cabeça deles, todas as mulheres são burras e fúteis;

Ele vai pra academia e tenta ficar mais musculoso para ser um belo referencial de macho para os outros machos, mas fazem piada dizendo que mulheres se vestem para outras mulheres;

Ele renega qualquer resquício de sentimentalismo em si mesmo porque morre de medo do que os outros machos vão pensar;

Ele odeia conversar com mulheres porque só os outros machos conseguem entretê-lo com seus assuntos tipicamente masculinos, lembrem-se: tudo que remete ao feminino lhes causa ojeriza.

E até quando o Homem hétero padrão pega muitas mulheres é pra obter a admiração e prestígio no grupo de machos em que ele está inserido. Raramente é admiração, afeição ou amor pelo universo feminino.

Nada na vida dos machões contempla ou homenageia as mulheres, toda a paixão e fascinação do homem hétero padrão, enaltece os machos e a prática dos machos, e se entre essa convivência tão pacífica entre eles, se entre elogios, camaradagens e lealdade de machos surgir qualquer resquício de desejo sexual, será mera curiosidade, o outro homem será mero objeto para prazer, porque o discurso de que fazer sexo é fazer amor , só é convenientemente utilizado quando uma mulher se recusa a se manter no papel que lhe é comum e aceita sair com um homem como mera boneca inflável, já que ela não quer fazê-lo.

images (1)

O homem hétero padrão ama mesmo os outros homens héteros padrão, mas eles não saberão, porque se voltar para o próprio auto-conhecimento e sensibilidade para entender o que se passa na própria cabeça, é coisa de mulheres, e machões têm pavor a mulher, porque quem gosta, admira , quer estar entre mulheres e trata bem , são os mariquinhas. Sim, aqueles que os machões tanto ridicularizam em seus grupos de homens viris.

É o referencial de machão que o Homem Hétero padrão deseja possuir;

É com a opinião do machão que o Homem hétero padrão se preocupa;

É na companhia do Machão que o homem hétero padrão gosta de estar;

É o machão que o homem hétero padrão gosta de encantar;

 

Anúncios

3 comentários em ““Macho” gosta é de macho. Quem gosta de mulher é “mariquinha”

  1. Escreve muito bem, mas chega ser ignorância a forma que generaliza tudo, mente vazia, obsessão por querer mostrar como as mulheres são coitadas… não discordo, mas de coitados, temos mais de 8 bilhões.
    Aonde estão os textos que agregam algo? Aqueles que não nos fazem arrepender-se de perder tempo.
    Pois é… Terminei de ler e tô arrependido.

    1. Você tá me pagando alguma coisa pra atender à sua demanda? Porque não tá caindo dinheiro nenhum na minha conta não.
      Qualquer pessoa com o mínimo de sensatez lê qualquer texto e subentende que qualquer texto não diz respeito sobre tudo no mundo, porque ninguém é onipresente ou sabe de tudo para falar sobre tudo e todos, então eu não tenho obrigação de justificar toda vez que trata-se de um texto que não reflete a realidade de 100% dos homens, porque entendo que quem me lê é intelectualmente superior à ponto de perceber isso.
      Criticar um texto “porque ele generaliza” me parece uma crítica rasa de uma pessoa que não foi educada pra ser contrariada.
      Ok, pra cada texto ruim, tem dez textos pelas sacos por ai dizendo exatamente o que você quer ouvir, te iludindo com mentiras convenientes. Procure-os então, porque como eu te disse, não me lembro de ter recebido nenhum cheque me pagando pra seguir um certo tipo de editorial que corresponda às suas vontades egocêntricas
      Beijos pra você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s