Pega eleS, Lulu!

As mulheres estão revoltadas, os homens estão desesperados e o Lulu…

Xiii, o Lulu tá tão lento quanto as obras do metrô aqui perto de casa!

Em tempos em que se leiloa himens e se  detona com a saúde usando anabolizantes para ter um corpo “perfeito”, a argumentação de que o Lulu resume pessoas a objetos de consumo , não serve como bom motivo pra criticar o aplicativo.

Bem, eu não me relaciono com mulheres pra saber, mas eu digo com relação aos homens, que existe muito, muito mesmo a ser melhorado de modo geral. Primeiro porque ainda é muito latente a mania de reduzirem mulheres a objetos;

Segundo porque reduzindo mulheres a objetos, também tratam como se não sentissem prazer, nem dor, enfim, como se não sentissem.

Pouca gentileza , falta de atenção, nenhuma sensibilidade,preocupação zero com o bem estar das garotas, e por ai vai…

protese-1

Infelizmente, poucas mulheres têm coragem suficiente pra dizer o que querem e pensam realmente à respeito dos caras com quem se relacionam, e nisso o Lulu serviria de porta- voz. Pois é , serviria,pois infelizmente os rapazes não têm acesso às coisas que estão escritas lá, o que torna todo o aplicativo um tanto despropositado, um clube da Luluzinha mesmo, deixando tudo num grande tom de fofoca.

Arrisco dizer  inclusive,que trata-se de uma excelente ferramenta de propaganda para os próprios homens que têm reclamado tanto do aplicativo, e que se havia interesse em alguma ex recalcada em difamar algum rapaz, dificilmente isso tenha acontecido.  As avaliações são genéricas demais, não há espaço pra respostas dissertativas, as opções de adjetivos são lights suficiente pra deixar qualquer homem menos preocupado caso conhecesse os bastidores .

Traçando um paralelo entre as avaliações e o modo como os homens têm reagido a ele, as coisas ficam até previsíveis:

Aqueles que dizem estar pouco preocupados com a opinião das mulheres com quem já se relacionaram, via de regra, também não estavam muito preocupados com o prazer destas mesmas mulheres, e costumam ser  mal avaliados, pois o prazer delas fica à mercê da sorte de quem sabe, se depararem com um cara que na busca pelo próprio prazer, também consiga oferecer prazer;

Há aqueles que ficaram aterrorizados, tiraram o perfil do aplicativo, não sem antes receber algumas avaliações, e é possível perceber que assim como foi dito, há insegurança e e infantilidade, há preocupação com a opinião das mulheres com quem se relacionaram, mas não há arrojo ou iniciativa pra melhorar a atitude e consequentemente, a  avaliação a respeito deles;homem medroso

E aqueles que interessados em saber tudinho o que escreveram lá,  coincidentemente,  costumam ser bem avaliados, pois já têm como comportamento padrão, ficar atentos ao fato de estar ou não agradando as mulheres com quem saem, e há esforço pra fazer as coisas serem melhores;

E têm também aqueles que foram bem avaliados por todas as mulheres que responderam sobre eles,  e que acabaram instigando mesmo em quem nunca os olhou, uma curiosidade com relação ao que foi exposto lá.

No fim das contas, no lugar desses homens, creio que até minha postura de ignorar o LuLU, seria uma reação ao LuLu.

Penso que sexo se faz a dois, e portanto, é muito interessante saber a impressão que causamos naqueles com quem compartilhamos nosso prazer em algum momento. Não é necessário que sejamos, homens e mulheres, reféns daquilo que as outras pessoas falam , mas se há como, por que não  avaliar até onde a crítica é positiva e pode nos favorecer?

Afinal ,somos seres coletivos e não há como negar que forjamos nossas atitudes também pra agradar, causar boa impressão às outras pessoas.

Em tempos em que tratamos ,somos tratados e colocamos a si mesmos como mera mercadoria, é bom ter em mãos uma “ferramenta de estudo de mercado” que nos possibilite saber o que o público está pedindo e o que devemos fazer pra obedecer à “demanda”.

Se existe a certeza de que se está fazendo o possível pra que as coisas sejam boas pra todos, por que temer a avaliação?

Creio que o que levou muitas mulheres a se incomodarem tanto com o aplicativo, é o medo de represália ( Já já surge clube do Bolinha, Clube da Lulu gay e lésbica e por ai vai…)e o ciúmes que eventualmente surge quando se deparam com o namorado sendo avaliado por outras mulheres.

E quanto aos homens revoltadinhos, só digo que é difícil lidar com a opinião dos outros a nosso respeito, e concluo que pra sermos vistos como bons, temos também que ser bons.

Sair da Zona de Conforto dá uma preguiiiça danada, e tem tanto cara teimoso por ai, que é capaz de ficar puto por ter sido mal avaliado por várias mulheres, mas em momento algum olha pra si mesmo, avalia as próprias atitudes e percebe que o tempo todo foi um escroto egoísta, que fez  maioria das mulheres terem se sentido verdadeiros lixos, apenas por terem se relacionado com um homem tão ruim de negocio.

Enquanto as mulheres não criam coragem pra dizer na cara o que pensam dos caras com quem saem, e enquanto não criam um aplicativo que possibilite que elas digam e o cara veja a avaliação sobre ele, eu apenas me divirto com o modo como o Lulu tem deixado os homens aterrorizados. Sim, eu sou um pouco sádica!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s