Sem religião, graças a Deus!

“I can kill cause in God i trust.”

O Brasil está mudando, e nota-se cada vez mais a migração de pessoas de diversas crenças, para as religiões evangélicas.
E é quando pensamos sobre os preceitos do cristianismo, sobre honestidade e amor ao próximo que ponderamos sobre o fato de tudo isso ser bom, mas é analisando a realidade que percebemos que estamos cada vez mais próximos de ser assolados por uma doença.
Sim, doença, pois as pessoas não estão se tornando mais empáticas, complacentes e gentis com as demais pessoas, mas estão se tornando mais soberbas sob argumentação de que são filhas de Deus, e que ele é misericordioso, tudo vê e tudo perdoa…DESDE QUE ISSO SEJA COM ELAS, DESDE QUE AS PESSOAS SEJAM DA MESMA RELIGIÃO DELAS.
…E então as pessoas erram, são intolerantes, preconceituosas, displicentes e hipócritas, mas fazem uso das máscaras evangélicas pra ocultar o que há de pior em suas personalidades humanas e se colocarem na posição de pessoas acima do bem e do mal “Porque em Deus confiam”, e é assim que se sentem no direito de apontar o dedo para os erros e fraquezas das outras pessoas, é assim que erram sem pudor e fazem vista grossa pra si mesmas.
548294_479440175419903_736865839_n

O Brasil está cada vez mais evangélico, sendo transformado por uma mentira repetida infinitamente, como um mantra alienador, fazendo com as pessoas de minorias religiosas, se sintam menos merecedoras da graça e do perdão, se sintam demoníacas e impuroa unicamente por compartilharem de uma cultura e crença diferentes.
Infelizmente, o que tenho notado hoje em dia, é que não basta ter a própria fé e ter um comportamento cristão, é necessário ir para uma igreja evangélica, fazer vista grossa pra toda roubalheira, hipocrisia e preconceito que são pregados, e só assim acharemos o reino dos céus. Pra aqueles que sempre acreditaram em Deus e sempre seguiram suas vidas no caminho da bondade, empatia e doação, não vale absolutamente nada, pois os tempos mudaram, e estamos na era da superficialidade, das relações vazias.

“Tua reza carece de templo, e os templos carecem do seu dinheiro.”
evolution

E assim como já aconteceu com diversas coisas, as próprias pessoas estão subvertendo a religiosidade e o cristianismo. Estão matando Deus, utilizando dos preceitos cristãos em benefício próprio, “tudo posso pois não sou dono do mundo, mas sou filho do dono” , e é assim, com esse pensamento soberbo que faz com que quem o proclama se torne instantaneamente superior, que vamos notando uma onda de separatismo que cerceia o ser humano da sua liberdade de ser, crer e seguir a religião que quiser, e o transforma em uma ovelha amedrontada, seguindo junto ao rebanho pro caminho que o sistema guiar.
Sinceramente me admira que as pessoas sejam tão cegas e repitam infinitamente um discurso, sem em momento algum questionarem se aquilo é moralmente correto, se é plausível, se é justo com os demais seres humanos e me assusta saber que o Brasil está cada vez mais evangélico.Não se trata de uma evolução, trata-se de um retrocesso, de gente que apenas faz e não questiona, de gente que se coloca como ferramenta a serviço de instituições e corporações que usam discursos cristãos para benefício próprio, de gente que se impressiona com facilidade, que dá o pouco que tem pra igreja porque acredita que é o dinheiro que o fará comprar o reino dos céus, mas que passa na rua, vê uma pessoa necessitada e não olha pro lado, não tem o mínimo de afeição ou empatia pra doar àqueles que necessitam mas não compartilham da mesma religião. Me admira que uma pessoa tenha a audácia de se sentir superior e mais certa exclusivamente por ser evangélica, pagadora de dízimo e heterossexual.

O Brasil não precisa de mais religião, o Brasil precisa de gente com mais senso crítico, que entende o próprio papel de agente da sociedade, de indivíduo que promove a mudança, precisa de gente que pense de modo mais coerente, precisa de gente que chame a responsabilidade pra si e entenda que uma ação coletiva é resultado de um conjunto de comportamentos individuais, que ela faz parte disso e pode contribuir pra que as coisas mudem.

As pessoas não precisam de religiosidade, precisam de mais amor incondicional com o próximo, precisam de mais humildade, humanidade e menos julgamento. Caso contrário, em breve , voltaremos à barbárie de séculos atrás, quando a Igreja Católica queimava quaisquer pessoas que questionassem, disseminassem idéias transgressoras ou se opusessem à sua doutrina.
Estamos novamente caminhando por um rumo onde aqueles que não engolem qualquer discurso vazio, independente de que religião seja, vão ter que começar novamente a lutar pelo direito ao pensamento livre, não demorará pra acontecer as novas “Caças às Bruxas”, e o simples fato de não se submeter à pressão social pra fazer parte da religião (desta vez evangélica), será por si só um ato de rebeldia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s